A tua menstruação acaba - mas não a tua feminilidade

A menopausa causa alterações na mulher, mas não retira a sua feminilidade. É a fase em que a produção hormonal da mulher começa a mudar e é definida como a ausência de períodos menstruais por 12 meses.

Embora seja uma parte natural da vida da mulher, o início deste capítulo pode chegar em diferentes idades. A idade média é de cerca de 51, mas pode variar entre os 45 e os 55 anos.

Procedimentos médicos como a remoção dos ovários, a quimioterapia ou a radioterapia podem acelerar o aparecimento da menopausa e estudos recentes têm demonstrado que as mulheres fumadoras, têm a menopausa 1-2 anos mais cedo.

A nível hormonal e físico, há uma diminuição da produção de estrogénio, uma redução no número de folículos e o esgotamento da ovulação

Ao nível experiencial, subjetivo e espiritual? Aí depende de ti!

Como se sente a menopausa ?

Os sintomas da menopausa estão relacionados com uma diminuição da produção de hormonas sexuais femininas, estrogénio e progesterona. O reequilíbrio da produção hormonal depende de cada pessoa. Os sintomas podem começar antes do final da menstruação, ou quando já passou um ano de menopausa. Algumas mulheres experienciam esses sintomas por um longo período de tempo, mas outras mais sortudas nem dão por eles.

Os sintomas mais comuns são episódios de transpiração severa e ondas de calor. Os calores momentâneos começam com um forte sentimento interno de calor, muitas vezes acompanhado pela sensação de palpitações e rubor facial.

Já ouviste falar de suores frios?

A evaporação do calor pode causar uma sensação de frio, fazendo com que a pele se sinta suada. Novamente, completamente normal.

Os calores momentâneos ocorrem em 70-80% das mulheres, no entanto, apenas 20% das mulheres os experienciam . Na maioria das vezes, a transpiração dura 2-5 anos, mas 10% dos sintomas ocorrem 10 a 20 anos após o último período. Os mecanismos de ondas de calor são um mistério.

Dificuldade em dormir,  fadiga,  irritabilidade, depressão, mudanças de humor e falta de iniciativa geralmente estão relacionados com a menopausa.

A deficiência de estrogénio resulta em desgaste da mucosa vaginal causando secura e às vezes picadas e dores durante a relação sexual. A deficiência de estrogénio também afeta muitos outros tecidos e órgãos.

Reconhecer a menopausa

O cartão de visita da menopausa geralmente vem com sintomas de fadiga ou desaparecimento da menstruação em mulheres com mais de 45 anos.

Os calores momentâneos geralmente são associados à cessação da menstruação ou, pelo menos, à irregularidade do sangramento. 

Normalmente não são necessárias análises, a não ser que a menopausa apareça mais cedo do que o normal. A investigação laboratorial mais importante para determinar a menopausa é o ensaio da FSH, hormona hipofisária estimulante do folículo (glândula pituitária). Se a função dos ovários estiver a desaparecer, os níveis de FSH aumentam. Valores superiores a 40 IU / l geralmente são sinónimo de menopausa.

Sintomas como rubor facial ou transpiração são comuns, mas também podem ser resultado de outras situações, por isso, em caso de dúvida, consulta o teu médico.

Quando ir ao médico

Se sentires alguma coisa que não está bem, visita o seu médico. Mas se tiveres os sintomas normais, respira fundo e abraça-os!

Se tiveres uma doença ginecológica, como efluentes extra, serão necessários exames médicos durante a fase da menopausa.

Cuidados pessoais

Os sintomas da menopausa só podem ser tratados eficazmente com estrogénio, mas há muitas coisas que podes fazer na tua vida quotidiana para reduzir os sintomas.

Tratamentos como a ingestão de soja e fitoestrógenios têm sido muito discutidos, mas a  sua eficácia ainda não foi apoiada cientificamente. O mesmo vale para remédios herbais e outros tratamentos alternativos, mas existem outras opções que poderás consultar (basta conversar com o teu médico sobre eles primeiro).

Uma dieta saudável e praticar exercício com regularidade não devem ser esquecidos! Sair de casa é crucial para o bem-estar e atividades como yoga podem ajudar a entrar em contacto com o teu corpo.

Os sintomas são mais ligueirs quando o corpo e a mente estão em sintonia. Um estilo de vida ativa, uma atitude positiva e um bom sistema de apoio ajudarão a se sentir confortável e a aceitar a menopausa como uma fase natural na vida de uma mulher.